sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Debate sobre eleições nas redes sociais abala amizades

O intenso uso das redes sociais para expressar apoio político nestas eleições e o acirramento das tensões devido à proximidade do segundo turno, marcado para o próximo domingo (26), têm afetado amizades e relações familiares. Uma usuária do Twitter resumiu a situação em um post que lhe rendeu mais de 17 mil curtidas: “Gente, quem perdeu família ou amigos por causa dessa eleição vamos combinar de passar o Natal juntos”.

Pesquisa Datafolha divulgada na última quarta-feira (22) mostrou aumento no índice de pessoas que disseram ter interesse nas eleições. Dos 4.355 entrevistados, 50% responderam que têm interesse no pleito. No fim de agosto, essa porcentagem era 39%. Esse crescimento também influencia no aumento da circulação de vídeos, textos e até mesmo ofensas nas redes sociais.

A gerente de comunicação digital Glaucimara Silva deixou de seguir e de visualizar publicações de várias amigos no Facebook. Em casos mais graves, em que houve preconceito ou discurso de ódio, ela desfez a amizade na rede social. “As pessoas se revelam muito nesse momento”, diz. Ela acredita que, por estarem protegidas por um computador, “as pessoas se sentem mais à vontade para falar coisas que não falariam cara a cara”.

Apesar de a maior parte das amizades desfeitas serem de amigos apenas de Facebook, Glaucimara chegou a se afastar de uma amizade na vida real. “Um amigo muito próximo parou totalmente de conversar comigo porque considerou que temos uma visão política muito diferente e por isso não temos mais nada em comum”, conta.

A assessora de imprensa Juliana Carvalho decidiu encerrar as contas nas redes sociais até o fim das eleições. “Estava virando um ringue para mim, eu via as pessoas extremamente irritadas e xingando umas às outras.”

Para o sociólogo e pesquisador da Universidade de Brasília (UnB) Marcello Barra, a proporção a que chegaram as discussão nas redes sociais nestas eleições é algo inédito. “No grau que assume é realmente uma coisa que aparentemente é inedita e tem correlação imediata com a disputa [eleitoral], uma disputa muito acirrada.”

Ele explica que as redes apresentam um grau de politização muito mais avançado diante de outros meios de comunicação, como a televisão ou o rádio. “Permitem não só a expressão de vários assuntos que vão além da política, como a política é tratada muito intensamente, discutida numa base diária. Isso é muito relevante para a democracia”, destaca.

O mestre em direito pela UnB e ciberativista Paulo Rená também considera a discussão nas redes positiva, mas alerta para o discurso de ódio e para os crimes cometidos pelos usuários que, muitas vezes, saem ilesos a comentários racistas ou de preconceito regional.

“Acho importante que as pessoas entendam que não é porque estão na internet que o discurso de ódio está liberado. E isso não é nenhuma restrição à liberdade de expressão”, diz. “Aquelas condutas inadequadas e eventualmente criminosas que eram feitas em ambientes privados, que eram feitas dentro de casa, agora passam a ocorrer também em ambientes públicos. Não tem nenhuma restrição para que esse comportamento inadequado seja punido aconteça ele na internet ou em qualquer lugar.”

Rená orienta aqueles que se sentirem agredidos a, dependendo do nível da ofensa, procurarem uma delegacia de polícia e registrarem boletim de ocorrência ou recorrerem à Justiça. O Ministério Público também pode atuar no combate a discursos preconceituosos a determinados grupos.

A mensagem do dia:Limites


Qual o seu limite para sonhar e realizar objetivos em sua vida? Nenhum. O limite é você quem impõe.Você é a única pessoa que pode colocar restrições nos seus desejos.Veja que as grandes realizações do nosso século acontecerão quando alguém resolveu vencer o impossível.

Nas navegações, encontramos um Colombo determinado a seguir viagens pelo mar, mesmo estando cansado de ouvir que o mar acabava e estava cheio de monstros terríveis. Santos Dumont foi taxado de louco tantas vezes que nem mais ligava para os comentários, até fazer subir seu 14 Bis. Ford foi ignorado por banqueiros e poderosos que não acreditavam em carros em série. Einstein foi ridicularizado na Alemanha.

Desistir de nossos projetos, ou aceitar palpites infelizes em nossas vidas é mais fácil do que lutar por eles. Renunciar, chorar a derrota é mais simples pelo simples fato de que não nos obriga ao trabalho.

E ser feliz dá trabalho. Ser feliz é questão de persistência, de lutas diárias, de encantos e desencantos. Quantas pessoas passaram pela vida e te magoaram?

Quantas passarão pela sua vida só para roubar tua energia? Quantos estarão realmente preocupados com você? A questão é como você vai encarar essas situações. Como ficarão seus projetos: eles resistirão às amarguras e desacertos do dia a dia? O objetivo você já tem: ser feliz! Como alcançar você já sabe: lutando! Resta saber o quanto feliz você realmente quer ser. E principalmente: qual o limite que você colocou em seus sonhos.

Lembre-se: não há limites para sonhar... Não se limite. Vá a luta! O impossível é apenas algo que alguém ainda não realizou!

Termina hoje propaganda eleitoral no rádio e na televisão

radio 1A dois dias do segundo turno das eleições, termina nesta sexta-feira (24) a propaganda eleitoral gratuita veiculada no rádio e na televisão. Também é a data limite para a divulgação paga de propaganda eleitoral na imprensa escrita e para a realização de debates. Nesse último caso, a transmissão não deve ultrapassar a meia-noite. É nesta sexta-feira o último dia para que os presidentes das mesas comuniquem à Justiça Eleitoral que não receberam o material destinado à votação de domingo (26). Carro de alto-falante ou amplificadores de som para divulgação de propaganda está permitido até sábado (25), véspera da votação, entre as 8h e as 22h. A distribuição de material gráfico, a realização de caminhadas, passeatas e carreatas, além da divulgação de jingles ou mensagens dos candidatos podem ser feitas também até as 22h.

No segundo turno das eleições, neste domingo (26), cerca de 143 milhões de eleitores estão aptos a votar para presidente da República e governadores de 13 estados e do Distrito Federal. Apesar do horário de verão nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, a votação será feita das 8h às 17h, obedecendo o horário local. Com o horário de verão, o Acre passou a ter três horas a menos em relação ao horário de Brasília. Por isso, a divulgação dos números das eleições para presidente da República começará às 20h (de Brasília). Os resultados para governador nos 13 estados e no DF serão conhecidos logo após o encerramento da votação.

O Globo destaca que aumenta judicialização na disputa pelo governo do RN

henrique robinson contas
Os candidatos ao Governo do Estado do Rio Grande do Norte, além da disputa nas urnas, travam uma guerra no Judiciário. Em pouco mais de duas semanas, desde o início do segundo turno no dia 6 de outubro, as assessorias jurídicas de Henrique Eduardo Alves, do PMDB, e Robinson Faria, do PSD, impetraram 76 processos no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RN). No período, foram protocoladas 4,4 peças jurídicas por dia, em média.

A judicialização da disputa eleitoral chama atenção, no Rio Grande do Norte, pela significativo aumento registrado quando comparadas as Eleições de 2010 com o pleito deste ano. O percentual de processos cresceu 157%, saindo de 79 processos, há quatro anos, para 203 protocolados até esta quinta-feira quando, às 09h40 (horário local), o TRE-RN registrava 194 pedidos de direito de resposta e, no final da tarde, o número tinha subido para 203. O número, porém, é referente somente aos casos que envolvem o requerimento de direito de resposta em desfavor de cada oponente. De acordo com a assessoria de imprensa do TRE-RN, o quantitativo global de processos referentes às Eleições 2014 é muito superior, pois envolve, dentre outras naturezas, as peças jurídicas relacionadas à propaganda dos candidatos, ao acúmulo de santinhos deixados em via pública, dentre outros casos.

O presidente da Câmara Federal, Henrique Eduardo Alves, somente neste segundo turno, entrou com 39 processos contra o concorrente. Robinson Faria, do PSD, ingressou com 31 ações em desfavor do peemedebista, com quem polariza a disputa desde o início e abriu vantagem nesta reta final, conforme pesquisa Ibope publicada semana passada. O atual vice-governador do Estado, Robinson Faria, também processou dois veículos de Comunicação. Os jornais impressos, Tribuna do Norte e Novo Jornal, que circulam no Rio Grande do Norte, tiveram que publicar ‘Direito de Resposta’ em favor do candidato do PSD.

Faria, nos processos abertos contra os jornais, alegou a veiculação de informações inverídicas a ele relacionadas. Pelo mesmo motivo, o juiz eleitoral Cícero Macedo condenou Henrique Eduardo Alves com a perda de um minuto e 32 segundos no seu programa eleitoral.  A maciça maioria dos pedidos de direito de resposta envolve a suposta prática dos crimes de calúnia, injúria e difamação. Das mais de duas centenas de processos analisados pelos juízes eleitorais, menos de uma dezena teve decisão favorável ao impetrante.

Governo do Estado nomeia mais 53 policiais civis

Mais 53 policiais civis foram nomeados pelo Governo do Estado do Rio Grande do Norte. A nomeação contempla os candidatos aprovados na quinta e última fase do Concurso Público realizado em 2008 que solicitaram recolocação para o final total da listagem. De acordo com nomeação publicada no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira (24) estão sendo convocados 17 candidatos ao cargo de Agente de Polícia Civil, 16 candidatos ao cargo de Escrivão de Polícia Civil e 20 candidatos ao cargo de Delegado de Polícia Civil. Para acessar a lista com os nomes dos nomeados CLIQUE AQUI.

No último dia 14, o Governo do Estado convocou 303 policiais civis para a efetivação das matrículas no Curso de Formação, também referente à quinta etapa do concurso público realizado em 2008. A convocação foi motivada pelo cumprimento a decisão judicial em ação interposta pela Associação dos Delegados de Polícia Civil do RN (Adepol/RN). Na ocasião, foram convocados 151 candidatos ao cargo de Agente de Polícia Civil Substituto, 57 ao cargo de Escrivão de Polícia Civil Substituto e 95 para o cargo de Delegado de Polícia Civil Substituto.

Henrique visita Ceasa e assume compromisso de melhorar estrutura do local

1O candidato do PMDB ao Governo do Estado, Henrique Alves, visitou na manhã desta sexta-feira (24) a Central de Abastecimento do Rio Grande do Norte (Ceasa) e conversou com os comerciantes sobre as condições de trabalho no local.

O ministro Garibaldi Filho e o vereador Aroldo Alves também acompanharam a visita. Henrique percorreu todos os setores da Ceasa e ouviu dos comerciais e funcionários queixas sobre diversos problemas de estrutura da Central.

Entre as maiores reclamações estão a falta de segurança, serviço de limpeza precário e problemas na infraestrutura dos boxes. Muitos comerciantes se queixaram que o local fica alagado quando chove.

Depois de cumprimentar os trabalhadores e ouvir as reclamações, o candidato visitou o setor administrativo da Ceasa. Conversou sobre os problemas e assumiu o compromisso de melhorar a estrutura do local.

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Igreja Católica discute maneiras de reconhecer segundo casamento

O arcebispo de Aparecida (SP) e presidente da CNBB, cardeal Raymundo Damasceno Assis, fala sobre a 3 Assembleia Extraordinária do Sínodo dos Bispos, realizada no Vaticano (Marcelo Camargo/Agência Brasil)O presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), cardeal Raymundo Damasceno Assis, disse hoje (23) que a Igreja Católica está discutindo a possibilidade de reconhecer casais formados por divorciados que estejam em segunda união. O assunto foi tratado durante a 3ª Assembleia Extraordinária do Sínodo dos Bispos, de 5 a 19 deste mês, no Vaticano, com o tema Os desafios pastorais da família no contexto da evangelização.

Segundo dom Damasceno, há consenso quanto à indissolubilidade do matrimônio, mas o sínodo não desconheceu situações especiais que muitas casais têm hoje. São pessoas que contraem novo matrimônio, continuam participando das atividades da igreja, atuando nas comunidades, com uma vida estável e assumindo sua responsabilidade quanto à educação dos filhos, disse ele. “E [esses casais] são desejosos de comungar e se confessar. Então, a igreja está aprofundando essa temática para ver, caso a caso, que soluções dar para essas situações.”

O cardeal ressaltou que não houve mudança doutrinal. Ele explicou que o sínodo foi dividido em duas etapas e que o documento final com as conclusões será proclamado pelo papa na segunda fase, em outubro do ano que vem. Foi preparado, no entanto, um documento com o resumo das discussões que será encaminhado às dioceses e conferências episcopais para ser aprofundado e receber contribuições.

São Vicente foi o município que mais perfurou poços para população

O município de São Vicente foi quem mais perfurou poços para população nesse segundo semestre do ano. Os agricultores e criadores já estão sendo beneficiados com os poços que foram perfurados tanto no sertão como na serra de Santana.
Vários agricultores e criadores estão hoje vivendo uma outra realidade, em pleno período de seca o verde e a fartura se destacam no município de São Vicente como é o caso do senhor Antônio Inácio da Silva de 54 anos com sua esposa dona Maria José do sitio José Antônio, que tem uma pequena plantação a qual é sua fonte de renda, hoje ele cultiva cebolinha, couve, alface e coentro, e graças a chegada do poço cavado pela prefeitura a sua vida vem se transformando. 

Vários agricultores e criadores estão hoje vivendo uma outra realidade, em pleno período de seca o verde e a fartura se destacam no município de São Vicente como é o caso do senhor Antônio Inácio da Silva de 54 anos com sua esposa dona Maria José do sitio José Antônio, que tem uma pequena plantação a qual é sua fonte de renda, hoje ele cultiva cebolinha, couve, alface e coentro, e graças a chegada do poço cavado pela prefeitura a sua vida vem se transformando. 

Em um lugar com tamanho sofrimento da falta de água como é o Seridó, hoje é uma outra realidade em São Vicente “esse é um momento sonhado há quase 7 anos, e agora completou minha alegria, porque eu sobrevivo daqui mesmo, essa minha fonte de renda , onde eu ganho o dinheiro de fazer a minha feirinha, e graças primeiramente a Deus e a nosso prefeito Joci esse sonho virou realidade” falou emocionado o seu Antônio.

A prefeitura municipal de São Vicente tem oferecido muitos subsídios para a população, foram muitos poços perfurados, hoje o município está bem estruturado no tocando a água, onde tem a adutora com água a todo momento, nas torneiras das residências do cidadão.

Campanha para Alysson Felipe

Alysson ao lado de sua mãe Roseane
O Blog Elson Ribeiro entra na Campanha para o jovem Alysson Felipe filho do casal Luciélio (Magão) e Roseane Alves,residentes no Sitio Pará velho há aproximadamente 3 km de Tenente Laurentino .Alysson está com a saúde em estado crítico e precisa de duas cirurgias, uma para tirar o rins esquerdo ,outra para salvar o rins direito, a cirurgia para salvar o rins custa R$ 6.500 e a família não tem condições financeiras de arcar com as despesas. 
A cirurgia deve ser feita o mais rápido possível e qualquer aguda que você puder dá será bem vinda e você estará ainda contribuindo com a esperança de salvar uma vida .
Você poderá contribuir através desta conta na caixa econômica federal: (agencia:0805 conta 01300008329)ou ligar para o fone:0(84) 9936 2605
Que Deus abençoe cada um de vocês

Segundo turno: tropas federais atuarão em 15 estados; no RN em 37 municípios

No próximo domingo (26), quando serão decididos a disputa presidencial e o segundo turno das eleições em 13 estados e no Distrito Federal, cerca de 15 mil homens do Exército, da Marinha e Aeronáutica vão atuar em 15 estados para garantir a segurança da votação e a logística do pleito. No primeiro turno, as tropas federais deram suporte à Justiça Eleitoral em 12 estados.

Ao todo, as tropas federais estarão em 280 localidades, conforme decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). De acordo com Ministério da Defesa,  89 localidades receberão apoio logístico para a entrega de urnas. Haverá apoio ao transporte de pessoal da Justiça Eleitoral nos estados do Acre (42), Amapá  (cinco), de Mato Grosso do Sul (quatro), Rondônia (quatro) e Roraima (34).

Em 191 municípios dos estados do Amazonas (18), Maranhão (quatro), de Mato Grosso (12), do Pará (57), da Paraíba (dois), do Piauí (38), Rio de Janeiro (um), de Rondônia (12), do Rio Grande do Norte (37), de Sergipe (seis) e do Tocantins (quatro), as tropas farão operações de garantia da lei e da ordem.

Ainda constam no TSE pedidos estaduais para envio de reforço militar para a votação. A corte julgará as reivindicações até a véspera do segundo turno das eleições.

Agência Brasil

A mensagem do dia:Agir por amor

Conta-se que esta história se passou num acampamento para refugiados no coração da África. Havia ali muitas crianças feridas, abandonadas e sem esperança nenhuma de vida. Sofriam pela fome, sede e falta de afeto. A única atenção que recebiam era a dos missionários.
 
Certo dia, apareceu por ali um jornalista que fazia uma matéria sobre as guerras e os seus estragos. Foi ao acampamento e acompanhou o trabalho de irmã Lurdes durante um dia inteiro. À noite, já esgotado pelo cansaço, calor e, principalmente por ver tanto sofrimento e dor, o jornalista disse à missionária:

- Irmã, eu não faria o trabalho que a senhora faz nem que me dessem todo o dinheiro do mundo.
 
A irmã olhou para ele com ternura e respondeu:

- Eu também não. Não faria isso por dinheiro nenhum. Faço este trabalho por amor a Deus e a todos estes que sofrem.
 
Para refletir
Por amor, somos capazes de fazer as coisas mais difíceis do mundo como se fossem as mais fáceis. Por amor, somos capazes de realizar os maiores sacrifícios e superar todas as dificuldades. O amor nos modifica, nos humaniza e nos embeleza. 
 
O amor nos dá força, nos anima, nos motiva, nos impulsiona a grandes feitos. Quando amamos a Deus e o nosso próximo verdadeiramente, somos capazes de nos doar a eles e assisti-los em todas as suas necessidades. 
 
Pelo amor nos tornamos melhores e mais dignos. O amor transforma o ser humano. Invista no amor. O amor não custa nada, mas tem valor inestimável.
 
Até onde eu iria em nome do amor? Seria capaz de realizar grandes obras por amor a Deus e ao próximo? Que tipo de obras? O que já fiz motivado pelo amor gratuito? Olhando para a minha vida hoje, como vejo a influência do amor nas minhas atitudes? O que poderia fazer para permitir uma ação maior do amor na minha vida? Como as pessoas que convivem comigo poderiam ajudar?

'O jeito é morrer', diz mulher que aguarda medicamentos no RN

Aposentada Eunice Maia aguarda medicamento para asma na Unicat, em Natal (Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi)
Aposentada Eunice Maia aguarda medicamento para asma na Unicat (Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi)
"O jeito que tem é morrer". É desta forma que a aposentada Eunice Maia vê a solução para a falta de medicamentos na Unidade Central de Agentes Terapêuticos (Unicat). Sem ter como pagar por um medicamento para sua asma, a aposentada conta que se sente 'incapacitada' diante da situação. Uma dívida de R$ 28 milhões do governo com fornecedores é a causa da situação.

A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) reconhece a dívida e afirma que não tem recursos para pagar o débito até o fim do ano. A Sesap confirma a falta de 11 medicamentos, porém o Sindicato dos Trabalhadores de Saúde Pública afirma que o número é superior e chega a 24. De acordo com a Sesap, a dívida causou a redução de 20% dos medicamentos considerados de alto custo.

Os servidores que trabalham na Unicat também estão em greve, o que prejudica ainda mais o atendimento. Os funcionários cobram mudanças no horário de atendimento, jornada de trabalho e a contratação de pessoal. A Sesap fez propostas, mas ainda aguarda o posicionamento do sindicato. Os servidores estão em greve há 45 dias.

OAB aprova 394 candidatos no Exame de Ordem no RN

Dos 1.686 inscritos no Rio Grande do Norte, 394 candidatos foram aprovados na segunda fase do Exame de Ordem após a análise e a consideração dos recursos interpostos. Os candidatos realizaram as provas desta etapa no dia 14 de setembro. As avaliações foram aplicadas pela Fundação Getúlio Vargas.

O candidato que não foi aprovado na segunda fase, mas que foi aprovado na primeira fase, pode solicitar reaproveitamento da primeira fase e se inscrever na próxima prova da segunda fase do Exame de Ordem. O prazo é entre as 14h do dia 18 de novembro de 2014 até as 23h59min do dia 25 de novembro de 2014.

O Exame de Ordem é requisito necessário para a inscrição nos quadros da OAB como advogado. A avaliação pode ser feita por bacharel em Direito, ainda que pendente apenas a sua colação de grau, formado em instituição regularmente credenciada. Podem participar os estudantes de Direito do último ano do curso de graduação ou dos dois últimos semestres.

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

UFRN tem projetos de combate à desertificação aprovados pelo BNB

seca UOLO Banco do Nordeste do Brasil (BNB) divulgou a lista com os 23 projetos aprovados no edital de Apoio à Pesquisa e Difusão de Tecnologia de Combate à Desertificação e/ou Convivência com o Semiárido, entre estes, dois são da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Com recursos advindos do BNB, a Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA) desenvolverá estratégias para conservação e melhoramento genético de caprinos da raça Canindé. Já a UFRN foi comtemplada por meio do projeto Faveleira, que pretende executar estratégias para agregar valor e renda à produção forrageira do semiárido.

Além da UFERSA e da UFRN, também, foram contemplados os projetos da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN), a qual trabalhará com desenvolvimento de estratégias de manejo para o controle de pragas, e o da Fundação Universidade de Pernambuco, que visa potencializar o uso do óleo de semente de abóbora nas formulações de ivermectina (droga antiparasita utilizada no combate a verminoses, carrapatos e piolhos) para a prática veterinária. O projeto será desenvolvido também na Paraíba e em Pernambuco.

Este edital dará apoio a pesquisas que beneficiam todos os estados do Nordeste e ainda São Paulo e Minas Gerais. Os recursos a serem investidos nos projetos de combate à desertificação são oriundos do Fundo de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FUNDECI), gerido pelo Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste (ETENE), órgão vinculado ao Banco do Nordeste.

Horário eleitoral custará R$ 839,5 milhões aos cofres públicos

dinheiro_sacosA propaganda eleitoral obrigatória no rádio e na televisão, que termina na sexta-feira (24), deverá custar neste ano R$ 839,5 milhões aos cofres públicos, de acordo com estimativa da Receita Federal. O governo deveria arrecadar esse valor das emissoras em impostos, mas o montante é convertido em renúncia fiscal para que a propaganda eleitoral ocupe a grade de programação das rádios e das TVs.

O custo deste ano representa um aumento de quase 39% em relação aos R$ 604,2 milhões que deixaram de ser recolhidos aos cofres públicos em 2010, quando também foram eleitos presidente, governadores, senadores, deputados federais e estaduais. O cálculo não leva em conta a inflação do período. Em 2008, quando a eleição limitou-se a prefeitos e vereadores, as concessionárias autorizadas a explorar os serviços de radiodifusão descontaram, a título de ressarcimento pela divulgação do horário eleitoral, R$ 420,3 milhões dos impostos devidos.

O valor da restituição às empresas é calculado a partir de uma fórmula complexa, cuja aferição depende do acesso às tabelas de preços de mercado cobrados pela exibição publicitária. Valores que variam conforme a audiência do veículo, o horário de exibição, a região e a época. As variáveis estão detalhadas no Decreto 7.791/12, que regulamenta o assunto. Os preços cobrados pelos veículos de comunicação devem ser públicos e previamente fixados.

Prefeitura de Currais Novos e DNOCS anunciam perfuração de 46 poços

dnocs currais
O prefeito Vilton Cunha e o coordenador estadual do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS), José Eduardo Alves, anunciaram no início da tarde desta quarta-feira (22) no “Palácio Raul Macedo” a perfuração e instalação de 46 poços que irão beneficiar as zonas urbana e rural de Currais Novos. “Temos um trabalho árduo em buscar soluções que amenizem a falta d’água, sempre buscando ações como a perfuração e instalação de poços no município”, disse Vilton, que agradeceu ao coordenador pela perfuração de 12 poços no município em 2013.
 
Enfrentando a pior seca da história e o baixo nível dos reservatórios, Currais Novos e Acari solicitaram ao DNOCS RN ações importantes para a convivência com a seca, e o órgão prontamente atendeu as reivindicações e irá realizar a perfuração e instalação de 46 poços em Currais Novos e 15 em Acari (número proporcional ao de habitantes, segundo o coordenador), que atenderá as populações urbanas e rurais. Além dos 46 poços que serão perfurados e instalados, o DNOCS atendeu o pedido do prefeito e irá instalar 09 pequenos sistemas de distribuição de água na zona rural, que beneficiará mais de 150 famílias.

terça-feira, 21 de outubro de 2014

TRE/RN toma últimas providências para a realização do pleito do segundo turno

567884a0-b2a3-4323-acdc-531f75418786
O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte já está tomando todas as providências para a realização do segundo turno das eleições para governador do Estado e presidente da República.

Logo após a eleição do primeiro turno, as equipes técnicas vêm se reunindo, identificando possíveis entraves, analisando todos os números do pleito e verificando possibilidades de ajustes ainda para esta eleição.

Presidente eleito deverá negociar com 262 deputados para ter maioria

MontagemFoto:  O Globo / Fernando Donasci
Os 18 partidos que não são umbilicalmente ligados nem a Aécio Neves nem a Dilma Rousseff conseguiram nesta eleição aumentar ainda mais a sua força para o próximo ano, passando de 253 deputados para os 262 eleitos, e serão a base de sustentação de qualquer candidato que for eleito. Trata-se das legendas que integram o “centrão parlamentar”, e que estão abertos a conversar com tucanos e petistas: PMDB, PSD, PP, PR, PTB, PRB, PROS, PV, PHS, PTN, PMN, PRP, PSDC, PTC, PEN, PTdoB, PSL e PRTB. Estes partidos representam mais da metade da Câmara e, juntos, superam os 257 votos que formam a maioria simples, quórum exigido para a aprovação da maioria dos projetos de lei.

O único partido que se manterá na oposição independentemente de quem seja eleito, Dilma Rousseff ou Aécio Neves, é o PSOL, com cinco deputados. São pró-Dilma três partidos com representação no Congresso: PT, PDT e PCdoB, que somarão 99 deputados a partir do próximo ano. São os mesmos que, se Aécio for eleito, já prometem fazer oposição frontal ao tucano. São pró-Aécio, por sua vez, seis partidos: PSDB, DEM, PSB, SD, PSC e PPS, que reúnem 147 parlamentares, os mesmos que já se colocam na oposição à petista caso ela seja reeleita.

De 2010 para a eleição deste ano, Dilma reduziu o tamanho de sua base ideológica. PT, PDT, PCdoB e PSB somavam 145 votos, caindo agora para 99. A presidente perdeu no segundo turno os socialistas para Aécio, e os demais partidos do núcleo fiel de sua base — a começar pelo PT — elegeram menos deputados. O tucano ganhou base, com as adesões do Solidariedade, que saiu, em grande maioria, do PDT; e do PSB, ampliando sua força de 136 para 147 votos na Câmara caso seja eleito, independentemente de negociações.

Quatro anos de conflitos com o Congresso
Os outros 18 partidos precisam “ser levados” a fazer parte da base aliada. No caso de Dilma, ela sai em vantagem porque sua coligação à reeleição é integrada, entre outros, por seis partidos do centrão: PMDB, PSD, PP, PR, PROS e PRB, que elegeram 205 deputados. Esses votos, no entanto, não são automáticos, porque há dissidências — até mesmo o PMDB, partido do vice-presidente da República, Michel Temer. Foram quatro anos de conflitos sistemáticos entre o Palácio do Planalto e o Congresso.

Apesar de uma maioria numérica, há enorme contrariedade da maioria dos deputados da atual base aliada com o tratamento dispensado por Dilma. Habituados a uma relação direta e mais cortês com os ex-presidentes Lula (2003-2010) e Fernando Henrique Cardoso (1995-2002), criticam o comportamento da presidente. Além de raramente recebê-los, quando ela o fez, foi em momentos de fragilidade política e de necessidade de aprovar algum projeto.

Se Aécio se eleger no próximo domingo, terá a tarefa de conversar com os partidos do centrão para trazê-los para seu governo e, neste caso, ideologia é o que menos importa. Pesa a favor do tucano o bom trânsito que tem no Congresso. Aécio foi deputado federal por 16 anos e presidiu a Câmara no governo Fernando Henrique.

Tanto Dilma quanto Aécio serão alvo do jogo do poder, que, muitas vezes, resvala para o jogo da corrupção. São os pedidos de nomeações de afilhados políticos para os milhares de cargos comissionados da estrutura do governo. Na opinião de parlamentares experientes, tanto Dilma quanto Aécio enfrentarão rodadas de pedidos e de muitas pressões.

Segundo políticos ouvidos pelo GLOBO, o Ministério de Minas e Energia é o alvo de maior cobiça, pelas estruturas paralelas que comanda. Algumas delas: Petrobras, Transpetro, Itaipu, além de todo o setor elétrico e de mineração. Foi em parte por este processo de indicações políticas que a Petrobras, a maior estatal do país, se vê hoje em meio a um escândalo de corrupção. Ironicamente, diante da devassa que enfrentou nos últimos meses, há entre os partidos do centrão menos interesse em ocupá-la, já que Polícia Federal e Ministério Público estão de lupa em cima dos contratos da estatal.

— O melhor lugar para atuar no governo é a Petrobras, não tenha dúvida. Ela é atraente pelo volume de contratos, mas agora é para quem quer fazer trabalho sério. Os que têm intenção de fazer negócios, querem distância de indicações por lá no atual e num eventual novo governo — disse um experiente parlamentar, que tem atuação junto ao Planalto desde o governo José Sarney.

Outros órgãos “em baixa”, no momento, ou por serem alvos de investigação ou porque perderam orçamento nos últimos tempos, são DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes); Chesf (Companhia Hidro Elétrica do São Francisco), Furnas e Eletronorte. Essas três últimas perderam capacidade de investimento pela redução das tarifas de energia. O DNIT passou por uma faxina porque tinha se tornado um dos principais focos de corrupção no governo. Entretanto, há um oceano de cargos ligados aos 39 ministérios, além de diretorias nas estatais e companhias regionais que estão na mira dos parlamentares.

Eles já cobiçam os fundos de pensão do Banco do Brasil (Previ), da Petrobras (Petros) e da Caixa Econômica Federal (Funcef). Visam também à Conab (Companhia Nacional de Abastecimento), à Funasa (Fundação Nacional de Saúde), aos Correios, às companhias de docas estaduais, ao Dnocs (Departamento Nacional de Obras Contra as Secas) e à Codevasf (Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba). Esses dois últimos formam a “indústria da seca” e foram apontados por deputados e presidentes de partidos como os mais cobiçados e os principais a serem negociados com Dilma ou Aécio.

Paralelamente à luta por cargos, vem a briga pela liberação das emendas dos deputados. Nos últimos governos, a verba invariavelmente era atrelada à votação de algum projeto de interesse do Executivo. E há ainda pleitos bem mais prosaicos, mas que são definidores sobre a fidelidade do deputado quando integra a base aliada. Um deles é o grau de prestígio dado ao deputado, pela capacidade de ser recebido pelos ministros, ter acesso ao poder e até viajar no avião presidencial quando o chefe do governo vai ao estado do parlamentar. A suposta falta de prestígio aos parlamentares é uma reclamação frequente na Câmara desde que Dilma assumiu.

O fortalecimento do Centrão, especialmente com o crescimento do número de partidos na Câmara, que passará a 28 legendas, terá outra consequência grave. Segundo os deputados, a votação da Reforma Política, já prometida pelos dois candidatos à Presidência, será extremamente difícil. Pontos como a cláusula de barreira (que restringe a liberação do fundo partidário e do tempo de TV a partidos que não atingirem um percentual mínimo de votos) e o fim das coligações proporcionais (para deputado e vereador) terão muitos opositores. Segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral, apenas sete dessas 28 legendas atingiram 5% dos votos válidos: PT, PSDB, PMDB, PSB, PP, PSD e PR. Seriam superados por essa cláusula de barreira não só nanicos, mas partidos médios e históricos, como PTB, DEM, PDT e PV, e mais ideológicos, como o PSOL.

— Será um desafio para qualquer arquiteto político negociar com uma Câmara tão fragmentada e com um centrão parlamentar tão grande como este que foi eleito — avaliou um deputado ligado ao governo Dilma.
Dirigentes partidários avaliam que a cobrança das pessoas será maior agora, observando os movimentos do presidente que for eleito e o comportamento dos parlamentares.

— PT e PSDB estão sinalizando na campanha que terão uma postura diferente na relação com a Câmara. Seria bom instituir um novo sistema. Isso até pode acontecer e se viabilizar por um período, mas o modelo conhecido, o toma lá, da cá, volta rapidinho quando o presidente que for eleito mandar um projeto para ser votado em que há restrições na Casa — afirmou um presidente de partido.
O Globo

A mensagem do dia:Avance Sempre

Na vida as coisas, às vezes, andam muito devagar.
Mas é importante não parar.

Mesmo um pequeno avanço na direção certa já é um progresso.

Se você não conseguir fazer uma coisa grandiosa hoje, faça alguma coisa pequena.

Continue andando e fazendo.

O que parecia fora de alcance esta manhã vai parecer um pouco mais próximo amanhã ao anoitecer se você continuar movendo-se.

A cada momento intenso e apaixonado que você dedica a seu objetivo, um pouquinho mais você se aproxima dele.

Se você pára completamente é muito mais difícil começar tudo de novo.
Não desperdice a base que você já construiu.

Existe alguma coisa que você pode fazer agora mesmo, hoje, neste exato instante.
Pode não ser muito, mas vai mantê-lo no jogo.

Vá rápido quando puder. 

Vá devagar quando for obrigado.

Mas, seja lá o que for, continue.
O importante é não parar!

‘Se depender de mim, não serei candidato em 2018′, diz Lula


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta segunda-feira (20) que, pela vontade dele, não disputará novamente as eleições presidenciais em 2018 porque acredita já ter cumprido sua “missão”.

Mas, em entrevista à Rádio Jornal do Commercio, do Recife, afirmou não descartar a possibilidade, a depender do cenário político daqui a quatro anos.
“Se depender de mim, não [serei candidato]“, afirmou. “Quando chegar na eleição de 2018, estarei com 72 anos. Nós temos que ter [isso] em conta.”

Lula disse esperar o surgimento de “quadros mais novos” para enfrentar o próximo pleito presidencial. “Acho que já cumpri a minha função.” Apesar desse discurso, Lula deixou seu futuro político em aberto. “A única coisa que não posso dizer é que não [disputarei em quatro anos]“, afirmou.

Durante vários momentos, desde 2013, surgiu em diversos setores -inclusive dentro do PT- o movimento “Volta, Lula”, que pedia que o ex-presidente assumisse a disputa no lugar de Dilma Rousseff.

Dilma e Lula estarão em Pernambuco nesta terça-feira (21). Este foi o único Estado nordestino em que a petista não saiu vitoriosa, tendo perdido para Marina Silva (PSB).

Eles devem visitar a fábrica da Fiat instalada em Goiana, na zona da mata pernambucana, fazer um comício na cidade e, no fim da tarde, participar de uma caminhada pelo centro do Recife.

Durante pouco mais de 20 minutos de entrevista, o ex-presidente não poupou de críticas do PSDB, partido do presidenciável Aécio Neves. O presidente desqualificou a atenção dada pelo governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) à região, que agora é tratada como prioritária por Aécio.
“O problema dos tucanos é que eles têm voo curto e eles não conseguem sair do Sudeste. Eles ficam aqui. Eles não têm voo para chegar no Nordeste ou para chegar no Norte”, disse o ex-presidente.

“São bons de bico, aquele bicão grande, amarelo. Sabe para que que serve? Para comer os filhotes de passarinho e comer ovo dos passarinhos. São predadores”, afirmou.

Lula criticou promessas de Aécio como a implementação da Farmácia do Trabalhador. “É muito engraçado porque depois de 12 anos governando Minas, não tem nenhuma”, disse. “É muito fácil as pessoas prometerem”.

DEBATES
Lula disse não acompanhar os debates entre Dilma e Aécio na televisão por ficar nervoso e sentir-se como “torcedor de futebol vendo jogador bater pênalti”.
“Ele [o torcedor] bate melhor que o jogador, ele marcaria melhor que o jogador, ele nunca erraria um pênalti”, comparou.

Lula ainda condenou a proposta do candidato tucano de acabar com a reeleição para cargos do Executivo, uma das exigências feitas por Marina Silva em troca de apoio no segundo turno.
“Descobri que um mandato de quatro anos não permite que um presidente faça nenhuma obra estruturante. E uma reeleição como no Brasil ou nos Estados Unidos [onde também há reeleição] permite ao cidadão começar uma obra e terminar”, afirmou.
“Acho a reeleição boa porque ela é uma aprovação ou não de quem está no governo”, disse o ex-presidente. “Se você está no governo e fez um bom governo, é um direito de eu continuar mais um mandato”. “O meu segundo mandato foi muito melhor que o primeiro mandato. Muito melhor. E eu tenho convicção que o da Dilma vai ser muito melhor”.

Lula afirmou ainda ser a favor de uma reforma política e da redução do número de partidos. “Cada coisa que você tem que aprovar no Congresso é uma negociação com 28 partidos. É difícil construir até coalizão com 28 partidos”, declarou.

Lula disse que, caso Dilma se reeleja, tratará de maneira “republicana” todos os Estados, inclusive Pernambuco, onde Paulo Câmara (PSB) venceu a eleição para governador.

Câmara disputou contra Armando Monteiro Neto (PTB), candidato apoiado pelo PT em uma eleição, segundo Lula, “atípica”, em um momento de “comoção social muito forte” por causa da morte do ex-governador Eduardo Campos em um acidente aéreo em agosto.

Ao comentar as derrotas de seu partido em Estados como São Paulo, Rio de Janeiro e Paraná, Lula afirmou que o momento é de “aprendizado”.
“Em vez de fazer disso um motivo de sofrimento, não, nós temos que fazer disso um motivo de aprendizado. Saber o que que nós não fizemos, o que deixamos de fazer. Ao invés de só ficar criticando os adversários, saber o que os adversários fizeram de certo para a gente se preparar para outro embate. Ninguém pode ficar chateado porque perdeu uma eleição, porque ninguém perdeu mais eleição do que eu neste país”, afirmou.

CACHAÇA
Lula disse que a saúde dele está melhor do que quando tinha 40 anos. “Posso apostar uma corrida com você de dez quilômetros”, disse ao radialista, que então perguntou se o ex-presidente recusaria uma cachaça que gostaria de dividir com ele.
“Ah, não. Vamos tomar uma dose juntos”, disse Lula. “Rapaz, você quer me dar um presente e quer beber? Vamos pelo menos repartir”, afirmou.
Folha Press

Datafolha: Dilma passa Aécio pela 1º vez no 2º turno

Pesquisa Datafolha divulgada nesta segunda-feira (20) aponta os seguintes percentuais de votos válidos no segundo turno da corrida para a Presidência da República:
Dilma Rousseff (PT): 52%
Aécio Neves (PSDB): 48%

Para calcular esses votos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição.

A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal “Folha de S.Paulo”.

De acordo com o Datafolha, na reta final da eleição, os candidatos continuam empatados, no limite da margem de erro, de dois pontos percentuais para mais ou para menos, mas Dilma aparece pela primeira vez numericamente à frente de Aécio em um levantamento feito após o primeiro turno.

No levantamento anterior do instituto, divulgado no dia 15, Aécio tinha 51% e Dilma, 49%.

Votos totais
Se forem incluídos os votos brancos e nulos e dos eleitores que se declaram indecisos, os votos totais da pesquisa estimulada são:
Dilma Rousseff (PT): 46%
- Aécio Neves (PSDB): 43%
- Em branco/nulo/nenhum: 5%
- Não sabe: 6%

Na margem de erro, os candidatos estão empatados tecnicamente.

O Datafolha ouviu 4.389 eleitores no dias 20 de outubro. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. Isso significa que, se forem realizados 100 levantamentos, em 95 deles os resultados estariam dentro da margem de erro de dois pontos prevista. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-01140/2014.

Prefeitos e lideranças de quase 50 municípios do RN anunciam apoio a Aécio

aecio lideranças
A campanha de Aécio Neves no Rio Grande do Norte ganhou o apoio de prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e lideranças de quase 50 municípios. O ato de formalização do apoio ocorreu no Hotel Arituba, na manhã desta segunda-feira (20). Os novos apoiadores do candidato do PSDB à Presidência da República são de diversos partidos.

Representando os chefes de Executivo, o primeiro a discursar no evento foi o prefeito de Lajes e presidente da Federação dos Municípios do RN (Femurn), Benes Leocádio. “Temos que dar uma resposta ao tratamento desigual e desleal que os municípios estão tendo da atual presidente da República, é hora da população do RN vir a público externar seu sentimento insatisfação e mudança. Aécio presidente é a garantia de mudar essa situação de descaso e abandono a qual foram submetidos os municípios brasileiros”, disse.

O presidente de honra do PSDB no RN, deputado federal eleito Rogério Marinho, disse que o Brasil está cansado “da degradação pública a que tem sido submetido pelo atual governo, com escândalos de corrupção que se sucedem. O PT está mostrando que, na verdade, tem um projeto de poder”. Também esteve presente no evento o senador José Agripino Maia (DEM), o deputado federal Felipe Maia (DEM), os deputados estaduais Tomba Farias (PSB), Gustavo Fernandes (PMDB), José Adécio (DEM) e George Soares (PR).

O Blog Elson Ribeiro exibirá em breve uma sequencia de entrevistas em novo quadro semanal.



Em breve o Blog Elson Ribeiro irá exibir uma sequencia de entrevistas em um novo quadro semanal do  Blog .O objetivo é trazer para os laurentinenses leitores do blog  um pouco mais sobre a  maneira de pensar da pessoa entrevistada e esclarecer duvidas  a respeito do entrevistado obtidas por parte da população .O Blog estará aberto para qualquer pessoa que que queira ceder a entrevista desde que traga um tema que interesse a população,  e ainda oferecerá o direito de resposta a qualquer pessoa ofendida com alguma das entrevistas desde que tenha um motivo considerável.

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Sevilha fc de São Vicente se consagra bicampeão da copa Luizinho em Santana do Matos


No último domingo(19), a equipe mirim do Sevilha FC de São Vicente sagrou-se bicampeã da Copa Luizinho de Futsal em Santana do Matos.

Em uma partida super disputada contra a seleção de Afonso Bezerra, o Sevilha venceu pelo placar de 6 a 3. O jogo não foi fácil, visto que a seleção de Afonso Bezerra, não desistiu um só minuto de pressionar a equipe do Sevilha. Mas graças a grande atuação coletiva do Sevilha, a começar pelo seu goleiro Douglas França, que apareceu para evitar no mínimo 4 gols certos da equipe de Afonso.


 E por estas e outras defesas Douglas foi escolhido como melhor da competição. Também foi destaque na grande final os atleta Gabriel Allan (Melhor jogador), Jeferson destaque na marcação e também marcando dois gols, Luanderson auxiliando na defesa e também marcando dois gols, Heitor Santos pivô que se destaca segurando bolas, armando jogadas e claro marcando gols, desta vez marcou dois na grande final.

 Enfim, toda a equipe estar de parabéns, desde quem jogou a final, como também quem ficou na suplência, pois quando entraram ao longo do campeonato deram conta do recado.

Queremos agradecer ao Prefeito Joci, aos secretários Vitoria Gabriel, Junior Lins ,João de Deus e Verinha pelo apoio de sempre. 









  

Nova regra do TSE barra em 3 dias 4 propagandas de Aécio e 4 de Dilma

Dilma Rousseff e Aécio Neves (Foto: Nacho Doce / Reuters)
Após o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) mudar o entendimento sobre o horário eleitoral gratuito e proibir ataques entre os adversários na disputa ao Planalto, quatro propagandas ou trechos delas de Dilma Rousseff (PT) e quatro de Aécio Neves (PSDB) foram suspensos nos últimos três dias.

O levantamento do G1 foi feito com base em processos no TSE até as 20h30 de domingo (19). De acordo com a assessoria do tribunal, outros dez pedidos envolvendo os dois candidatos ainda serão julgados. A nova jurisprudência do tribunal diz que os horários eleitorais têm de ser “programáticos, propositivos, e que o debate pode ser ácido ou duro, mas relativo a questões de políticas públicas”.